Páginas

sábado, 31 de dezembro de 2011

FELIZ 2012

Elias quer sair?


Pipocaram informações na imprensa que o meia-atacante Elias estaria disposto a voltar para o Atlético-Go e que inclusive estaria negociando sua liberação junto ao Figueirense. Não se sabe se o fato realmente é verídico. Elias é um bom jogador que não mostrou ainda todo seu potencial com a camisa alvinegra e será muito útil ao time em 2012. Porém, se realmente a notícia se confirmar, e o jogador se mostrar disposto a trocar o Scarpelli pelo time goiano, pode ir embora. Se não está afim de ajudar, se acha que o Figueirense não é um time a altura de seu futebol, faça sua mala e se mande, a diretoria que arranje outro para seu lugar.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Fernandes Renova

video

Ontem havia ainda uma indefinição da renovação de Fernandes com o Figueirense já que após reunião com o diretor Leonardo Moura uma proposta foi encaminhada para o jogador que ficou de analisá-la. Pois ontem mesmo veio a confirmação da renovação do ídolo alvinegro. Fernandes renovou seu contrato até dez/2012 podendo prorrogar para 2013 e após encerrar sua carreira deverá ser efetivado em alguma função administrativa do clube. Para a nação alvinegra foi um grande presente de fim de ano a renovação de nosso maior artilheiro que continuará a desfilar sua simplicidade e categoria no Orlando Scarpelli.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Final de Ano Alvinegro

Depois de surpreender a todos com a melhor campanha de um time catarinense em campeonatos brasileiros e de quase beliscar uma vaga na Libertadores da América, o Figueirense acabou chamando a  atenção e muitos negócios foram feitos. Desde que acabou o campeonato brasileiro o time vem sofrendo mudanças com chegadas e saídas de jogadores e integrantes da comissão técnica. Vamos as informações atualizadas:

SAÍDAS

O Alvinegro perdeu parte do seu time base e as principais saídas foram o meia Maicon e o zagueiro Édson Silva que foram para o São Paulo; O lateral Juninho foi para o Palmeiras; W. Nem voltou para o Fluminense e Bruno foi junto; Roger Carvalho tem propostas inclusive de fora e não deve ficar e Elias está fazendo de tudo pra ir jogar no Palmeiras, embora o time paulista tenha declarado que não tem interesse no atleta.

CHEGARAM

Para a defesa chegou o zagueiro Fred que estava no Juventude e o lateral Guilherme Santos que jogou o brasileiro pelo Atlético-MG; Para meio campo vieram Toró que também jogou no Atlético-MG e Luiz Fernando que estava no Vila Nova.

PERMANECEM

Dos principais jogadors que atuaram em 2011 o volante Túlio já acertou sua permanência no clube; Coutinho e Ygor tem contrato até dez/13; Os goleiros Wilson e Ricardo tem contrato até dez/14. O zagueiro João Paulo Goiano, os laterais Hélder e Pablo e o atacante Héber também estão confirmados para o ano que vem.

INDEFINIDOS

Alguns jogadores ainda estão com a situação indefinida. O volante Jônatas tem contrato terminando esse mês mas pelas informações passadas deverá ficar no Scarpelli. Caso também de Aloísio que por enquanto não renovou mas é outro jogador que a diretoria tem interesse e deve permanecer no clube para 2012. Outro jogador que a diretoria tem interesse em permanecer é o atacante Júlio César. O contrato do jogador também acaba agora no dia 31 de dez/11 mas a intenção é mantê-lo embora o Corinthians já tenha demostrado interesse no jogador. É torcer para que ele fique. O caso mais falado nos últimos dias é de Fernandes. O presidente Lodetti adiantou para todos que Fernandes teria seu contrato renovado por pelo menos mais um ano mas a informação é que o clube e o jogador ainda não se acertaram. A expectativa é grande já que Fernandes tem uma história dentro do Figueirense e é um ídolo da nação alvinegra, então a situação deixa todos apreensivos para poder contar com o dono da camisa 10 para o ano que vem.

COMISSÃO TÉCNICA

Com a saída de Jorginho o Figueirense anunciou a vinda do técnico (??) Branco. Hoje foi apresentado o novo preparador físico do clube e trata-se de Luiz Fernande de Paiva Farias, que teve passagens na preparação física das seleções brasileira de base. O novo integrante da comissão técnica junta-se a Norberto Cabral na responsabilidade da preparação física alvinegra.

REFORÇO

Ganhou força após entrevistas do presidente Lodetti o nome de Franco Niell, jogador argentino que disputou a última Libertadores pelo Argentino Juniors e terminou o ano jogando no Queretaro do México. O jogador viria para o lugar de Wellington Nem e segundo o presidente é mais rápido e tem faro de gol. É esperar para ver se a negociação vai fluir e se o jogadore realmente é tão decisivo assim.

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Deu "Branco" no Figueira!


Foi apresentado nessa terça-feira o novo treinador do Figueirense. Depois de muita expectativa pela saída do técnico Jorginho, alguns nomes pipocavam entre os comentaristas esportivos. Para surpresa de todos o nome apresentado foi do ex-lateral da seleção brasileira, Branco. O ex-jogador nunca atuou como técnico de futebol e depois que pendurou as chuteiras foi ser coordenador de futebol da base da CBF e do Fluminense. Aos 47 anos, Branco terá sua primeira oportunidade no comando de um time e daqui pra frente o negócio é torcer para que a falta de experiência no cargo seja compensada pelo seus conhecimentos de dentro do campo, já que sua escolha ficou abaixo do que todos esperavam. Boa Sorte!

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Lançamento dos novos uniformes do Figueirense

Amanhã, dia 07/12 o Figueirense estará fazendo no Ginásio Carlos Alberto Campos o lançamento dos novos uniformes para 2012, já com a nova fornecedora do material esportivo, a PENALTY. O evento será apresentado por Marcos Piangers, figura já conhecida da torcida alvinegra que desde o ano passado vem participando das campanhas de marketing do clube. O lançamento ocorre a partir das 19:30 hs e a entrada no evento se dará mediante apresentação de um cupom da timemania que pode ser adquirido na hora, sendo que os primeiros 500 a apresentarem o cupom irão concorrer a 11 camisas do novo modelo. Segundo o site do clube, 8 sócios que estão em dia com suas mensalidades serão sorteados para participarem do desfile de lançamento dos novos uniformes.



Prêmio Craques do Brasileirão

Aconteceu na noite de ontem no auditório do Ibirapuera em São Paulo a entrega do Prêmio Craque do Brasileirão. O Figueirense chegou com moral já que foi indicado em cinco categorias e concorria com Jorginho (melhor técnico), Bruno (melhor lateral direito), Juninho (melhor lateral esquerdo), Júlio César (melhor primeiro atacante) e Wellington Nem (melhor Revelação).  A premiação foi marcada pela falta de organização. Muitas gafes, discursos políticos, sumiço de envelopes com os vencedores além da apresentação dos lambe-lambe da TV Globo foram o ponto negativo da noite. De positivo foi a escolha de W. Nem como o jogador revelação do campeonato já que ele concorria com Leandro Damião (Inter-RS) e Bruno Cortês (Botafogo). Jorginho ficou em segundo entre os técnicos, na frente inclusive e Tite que foi campeão brasileiro,  Juninho injustamente perdeu para Bruno Cortês (Botafogo) a escolha como melhor lateral esquerdo, Bruno ficou atrás de Fagner (Vasco) e Mariano ?? (Fluminense), e Júlio César também ficou atrás dos dois concorrentes, Neymar (Santos) e Leandro Damião (Inter-RS).
As indicações foram merecidas pelo que o Figueirense fez durante todo o campeonato brasilero. Veja abaixo os premiados da noite:

Craque do Brasileirão:
Neymar (Santos)
Goleiro:
1º - Jefferson (Botafogo)
2º - Fernando Prass (Vasco)
3º - Júlio César (Corinthians)
Lateral-direito:
1º - Fagner (Vasco)
2º - Mariano (Fluminense)
3º - Bruno (Figueirense)
Zagueiro pela direita:
1º - Dedé (Vasco)
2º - Antônio Carlos (Botafogo)
3º - Rhodolfo (São Paulo)
Zagueiro pela esquerda:
1º - Réver (Atlético-MG)
2º - Leandro Castan (Corinthians)
3º - Emerson (Coritiba)
Lateral-esquerdo:
1º - Cortês (Botafogo)
2º - Juninho (Figueirense)
3º - Kleber (Internacional)
Volante pela direita:
1º - Ralf (Corinthians)
2º - Romulo (Vasco)
3º - Arouca (Santos)
Volante pela esquerda:
1º - Paulinho (Corinthians)
2º - Renato (Botafogo)
3º - Marcos Assunção (Palmeiras)
Meio-campo pela direita:
1º - Diego Souza (Vasco)
2º - Deco (Fluminense)
3º - Lucas (São Paulo)
Meio-campo pela esquerda:
1º - Ronaldinho (Flamengo)
2º - Montillo (Cruzeiro)
3º - Thiago Neves (Flamengo)
Atacante 1:
1º - Neymar (Santos)
2º - Leandro Damião (Internacional)
3º - Júlio César (Figueirense)
Atacante 2:
1º - Fred (Fluminense)
2º - Borges (Santos)
3º - Loco Abreu (Botafogo)
Técnico:
1º - Ricardo Gomes/Cristóvão Borges (Vasco)
2º - Jorginho (Figueirense)
3º - Tite (Corinthians)
Revelação:
1º - Wellington Nem (Figueirense)
2º - Cortês (Botafogo)
3º - Leandro Damião (Internacional)
Árbitro:
1º - Leandro Vuaden (RS)
2º - Paulo César de Oliveira (SP)
3º - Sandro Meira Ricci (DF)
Craque da galera:
1º - Dedé (Vasco - 46% dos votos)
2º - Liedson (Corinthians - 36% dos votos)
3º - Neymar (Santos - 18% dos votos)
Artilheiro:
Borges (Santos - 23 gols)

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Juninho conquista a Bola de Prata da Revista Placar

O Figueirense tem muito o que comemorar ao final do Campeonato Brasileiro. Além de igualar sua melhor campanha na competição o lateral-esquerdo Juninho conquistou, nesta segunda, no Museu do Futebol, em São Paulo, com a Bola de Prata, tradicional premiação feita pela revista esportiva Placar como o melhor jogador da posição.
Está é a primeira vez que um jogador do Alvinegro conquista o prêmio concedido desde 1970 pela Revista Placar. O jogador do Figueirense terminou o ano com média 5,76 e recebeu o troféu das mãos do meia Juninho Paulista, campeão mundial em 2002 pela Seleção Brasileira.

Veja os vencedores da Bola de Prata 2011:
Fernando Prass (Vasco) – goleiro
Mário Fernandes (Grêmio) – lateral-direito
Dedé (Vasco) – zagueiro
Paulo André (Corinthians) – zagueiro
Juninho (Figueirense) – lateral-esquerdo
Marcos Assunção (Palmeiras) – volante
Paulinho (Corinthians) – volante
Ronaldinho Gaúcho (Flamengo) – meia
Montillo (Cruzeiro) – meia
Neymar (Santos) – atacante
Fred (Fluminense) – atacante
ArtilheiroBorges (Santos)
Bola de OuroNeymar (Santos)
Chuteira de OuroNeymar (Santos)
Fonte: clicrbs.com.br

Jorginho Sai, quem vem?


Na coletiva após o empate no clássico o técnico Jorginho anunciou que está saindo do Figueirense para investir em outros projetos. No final do jogo o técnico se dirigiu até a torcida e teve seu nome gritado por todos. Alguns mais empolgados ainda puxaram um couro de " Fica Jorginho", um pouco exagerado. De qualquer forma o técnico marcou seu nome no clube com a melhor campanha de um time catarinense em campeonatos brasileiros. Agora é esperar para saber quem vem para o seu lugar. Não é fácil decidir quem vai ser o comandante, esperamos que venha um treinador melhor que Jorginho.

Avaí x Figueirense - Ponto Final

Finalizando o Brasileirão 2011 o Figueirense foi até a Ressacola enfrentar seu maior rival, o já rebaixado Avaí, buscando um vitória para manter aceso o sonho de disputar a Libertadores em 2012. Para isso tinha que torcer por derrota do Flamengo diante do Vasco e que Internacional-RS e Coritiba não ganhassem suas partidas diante de Grêmio e Atlético-PR respectivamente. Além disso, outro objetivo era pontuar para fazer a melhor campanha de um time catarinense em campeonatos brasileiros. E o clássico ficou abaixo do esperado, em termos de público e de futebol também.
O primeiro tempo começou em um ritmo lento. Parecia que os dois times estavam apenas cumprindo tabela. O time da casa todo remendado, sem atacantes, e o alvinegro tocando a bola meio que sem compromisso. Alguns contra-ataques foram armados com W. Nem e Júlio César mas a zaga avaiana conseguia frear as arrancadas muitas vezes com faltas mais ríspidas, inclusive Héber entrou no lugar do machucado W. Nem. Aos poucos o Avaí foi se soltando em campo e apesar de quase nada organizado mostrava mais vontade que o burocrático Figueirense. Depois de criar algumas oportunidades razoáveis, Lincon cruzou, Igor perdeu na cabeça para Robinho e Diogo Orlando de perna esquerda dentro da área abriu o placar para o rebaixado Avaí aos 44 minutos do primeiro tempo.
Veio o segundo tempo e com menos de 1 minuto Héber fez linda jogada pela esquerda e chutou forte para empatar a partida. Aí o Figueira acordou em campo e a virada parecia que estava próxima. Logo em seguida Maicon fez bela jogada no meio campo, driblou três jogadores avaianos e chutou por cobertura, a bola bateu na trave e no rebote Elias chutou por cima do gol. Em seguida Fernandes entrou no lugar de Elias e no seu primeiro lance recebeu de Juninho na frente da área e chutou forte no ângulo e o goleiro fez a defesa espalmando para escanteio. Na jogada seguinte, Júlio César recebeu a bola na ponta esquerda e ao proteger a bola para driblar o zagueiro colocou seu braço no rosto do jogador e o árbitro interpretou como agressão expulsando o atacante alvinegro. Reação freiada! Com um a menos o alvinegro teve dificuldades para chegar ao gol adversário. O Avaí também não mostrou muita força para vencer a partida e o jogo terminou mesmo num sonolento empate. Mesmo que a vitória viesse não mudaria muita coisa já que o Inter venceu seu jogo e o Flamengo conseguiu um empate diante do Vasco e com isso, o Figueirense terminou o campeonato em sétimo lugar, com 58 pontos e o campeão acabou sendo o Corinthians. Apesar da excelente campanha ficou no final um gostinho amargo de não ter conseguido ganhar seu maior rival na última rodada e ter conseguido chegar a Libertadores em 2012. Em compensação, com os 58 pontos, o Figueira alcançou a melhor campanha de um time catarinense na série A do campeonato brasileiro.